21 de maio de 2010

Inter, entre os 4 melhores

O Internacional está entre os 4 melhores da América. Eliminou o Estudiantes dentro de Quilmes. A derrota por 2x1 valeu a vaga para encarar o São Paulo nas semi-finais da Libertadores, re-editando a final de 2006 e como naquele ano, a decisão será depois da Copa do Mundo. A outra será disputada entre Chivas x Universidade de Chile. Alias, que o Chivas se classificar, um dos brasileiros já estará na final do Mundial no fim do ano.
Espero que o técnico colorado tenha aprendido a lição. Depois de arrebentar no jogo pelo brasileirão, o treinador treteriu Walter e mandou o atacante para o banco de reservas para colocar outro zagueiro. Com o esquema do treinador, o 3-6-1, o Inter levou 2x0 em 20 minutos e não conseguia penetração na área argentina. Até então o Inter nacional era vitima do seu próprio treinador. Até que na metade da segunda etapa, o técnico uruguaio abriu mão da sua convicção e lançou a campo o garoto Walter. Tanto que aos 38 minutos, o menino perdeu uma chance ouro. Porém, o Inter já com Giuliano também em campo, esboçava uma reação. Antes Andrezinho bateu falta e o goleiro fez a defesa. O Inter encheu o torcedor de esperanças. Até que aos 43 minutos, a torcida argentina já fazia festa, com fumaça, e eis que a fumaça atrapalhou o Estudiantes, eis que Giuliano recebe de Andrezinho e finaliza, gol do Inter, gol da classificação para as semi-finais. Em 20 minutos, o Inter no 4-4-2, produziu bem mais do que em 68 minutos, inclusive o gol da classificação. Parabéns a toda nação colorada.

OLÉ
Nunca se duvide da capacidade de um time de futebol. Ainda mais se tratando de brasileiros e acima de tudo, GAÚCHOS. Quando o Estudiantes fez 2x0, o site do jornal, declarava o Estudiantes campeão da Libertadores, depois do jogo, a com certeza, a manchete era outra.

Eis minha homenagem ao OLÉ:

Como aurora percussora, do farol da divindade,
Foi o Vinte de Setembro, o percussor da Liberdade.
Mostremos valor constância, nessa ímpia e injusta guerra.
Sirvam nossas façanhas, de modelo a toda terra
de modelo a toda terra, sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra.
Mas não basta prá ser livre
ser forte aguerrido e bravo,
povo que não em virtude,
acaba por ser escravo
Mostremos valor constância, nessa ímpia injusta guerra.
Sirvam nossas façanhas, de modelo a toda terra
de modelo a toda terra, sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra.

Da-lhe colorado!!!

DESABATO
Lamentável esse atleta, é um perdedor, cheio de marra, porém nunca ganhou nada na vida profissional. Protagonizou ao fim do jogo confusão com o goleiro Abbondanzieri do Internacional. Não sabe perder, é um jogadorzinho, que acha que joga, mas só arruma confusão. Lauro não tem razão de fazer o fez, mas ninguém tem sangue de barata, para ver seus companheiros serem agredidos e ficar quieto.
Aliás, esse mesmo cidadão citado, um argentino covarde que agrediu Alecsandro e o arqueiro colorado, já esteve envolvido em outra confusão. Pois quem não lembra do ato de racismo desse cara contra o Grafite, até então jogador do São Paulo?
Esse rapaz, tem de ser banido do mundo esportivo.

Tchau prá vocês!!!

2 comentários:

Ismael disse...

Pela historia do jogo...foi uma classificação com cara de milagre...
O treinador deixou o time no minimo 70 min no 3-6-1 mesmo tomando 2 x 0
Isso é Inacreditavel
Valeu apena pela vaga...venceu e em nenhum momento convenceu...
Mesmo assim procuro algo positivivo nos resultados e nesse só me resta destacar aqui a maturidade do time novamente...sem afobação...sem desorganização...mesmo quando tudo parecvia perdido havia sempre a procura pela melhor jogada...
Foi o que nos garantiu a classificação...
A unica e melhor jogada do time....
LAMENTAVEL PELA POSTURA HERMANA AO FINAL DA PARTIDA...PODERIAM TER TERMINADO A PARTICIPAÇÃO NA COPA COM MAIS DIGNIDADE....MAIS VAI ENTENDER ESSAS CABECINHAS CASTELHANAS NÉ...

Da-lhe Inter
Rumo ao BI

Kevin disse...

da-le colorado, mesmo perdenso se classificamos, somos os melhores e que venha o são paulo, pois vamos calar o morumbi de novo que nem em 2006