3 de maio de 2010

Final do Gauchão-Grêmio 0x1 Inter

Quem ganhou perdeu e quem perdeu ganhou. Assim eu defino a final do gauchão de 2010. Não foi a final dos sonhos. O Inter com vários reservas colocou água no chope dos gremistas ao vencer o clássico por 1x0 dentro do Olimpico. Mas mesmo com a derrota, o tricolor sagrou-se o legitimo campeão pela campanha ao longo da competição, sobre tudo a grande atuação no clássico do Beira-Rio.
Quando o colorado marcou seu gol, aos nove minutos, através de Giuliano, o Grêmio sequer havia chegado na area adversária. O gol: Kléber bateu falta da meia esquerda, Victor socou prá fora da grande área, Giuliano pegou o rebote, ajeitou e mandou um balaço no canto esquerdo. O arqueiro gremista saltou tarde e ali o meia colorado decretou o 1x0.
A partir daí o equilibrio. Abbondanzieri fez grande defesa em cobrança de falta efetuada por Edílson quando ele espalmou prá escanteio.
Em seguida, o argentino fez grande defesa em chute de Jonas. O Inter respondeu rápido e Victor teve de dar um carrinho providencial em uma investida de Taison. Aos 21 minutos, uma triângulação entre Galydon , Taison, Giuliano mandou por cima do travessão.
O Grêmio subia nos contra ataques, quando conseguia passar pela defesa colorada, parava em Abbondanzieri que fez a sua melhor partida pelo colorado. Aos 33 min, o goleiro fez uma grande defesa em uma cabeça da de Borges a queima-roupa. E aos 43, Rodrigo pegou de voleio e o goleiro voltou a fazer a defesa.
Na segunda etapa, o Grêmio adiantou a marcação e empurrou o Inter para o seu campo. A única bola que Douglas pegou, ele lançou Borges que chutou na rede pelo lado de fora.
A partir dos 15 min, o Inter saiu do sufoco, saia tocando a bola, mas não criou nenhuma jogada de perigo na área tricolor. Que por sua vez também errou jogadas de ataque. E assim o jogo se encaminhou até o final. Aos 45 min, Taison foi expulso por uma entrada maldosa em Jonas.
Agora a dupla tem seus compromissos no meio de semana, quando na quarta o Grêmio vai receber o Fluminense pela Copa do Brasil, onde poderá perder por um gol de diferença para avançar as semi-finais e o Inter na quinta vai encarar o Banfield, onde precisará reverter a vantagem de dois gols do adversário.

GRÊMO(0): Victor, Edílson, Ozéia, Rodrigo e Neuton(Joílson); Adilson, Willian Magrão, Leandro(Hugo) e Douglas(Rockemback); Jonas e Borges.

INTER(1): Abbondanzieri, Ronaldo Aleves(Kléber Pereira), Bolívar e Fabiano Eller; Bruno Silva(Nei), Sandro, Glaydson, Giuliano e Kléber; Walter(Tiago Humberto) e Taison.

Enfim, o campeonato ficou com quem foi melhor durante a competição.
Parabéns Grêmio e parabéns Inter que valorizou a conquista tricolor e principalmente PARABÉNS aos torcedores da dupla que deram show na arquibancada e não tiveram nenhum tipo de problemas.

Tchau prá vocês!!!

3 comentários:

Ismael disse...

è isso ai Alex...de positivo teve a torcida...não sei como foi nos arredores da azenha...
mas dentro foi schow...cantaram, pularam e apoiaram os times até o ultimo segundo.
Gostaria que vc postasse ai sobre a atitude dos jogadores gremistas com o tal caixão vermelho.
Abrassssssss irmaum...

Alex Frantz disse...

Pois é Ismael. Em primeiro lugar gostaria de agradecer a tua leitura por aqui, muito obrigado mesmo.
Bom, quanto a comemoração de Hugo com um caixão vermelho, no qual simbolizava o "falecimento" colorado, é algo que faz parte da rivalidade do nosso estado. Achei uma atitude normal e criativa por parte do jogador. Lembra do D'alessandro falando o ano passado diretamente para o Souza, quando este afirmou que o Flamengo já era campeõa brasileiro? pois é, enquanto isso ficar dentro das 4 linhas, beleza, só não pode sair e bem como você disse, as torcidas deram show no clássico 381, estão todos de parabéns.
Continue prestigiando meu trabalho.

Abraço

Ismael disse...

Obrigado Alex...
Continuarei Sim..
Grande trabalho tens apresentado!!!

Abraço